Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Pé de Manga, um oásis na zona oeste de São Paulo

Imagem
O Pé de Manga era um lugarzinho do qual eu já havia ouvido falar algumas vezes, mas nunca tinha me disposto a ir. Anteontem o Marido e eu resolvemos conferir – e adoramos!
Escolhemos um dia “nada a ver” pra ir até lá: depois de uma longa estiagem, chovia bastante em São Paulo na sexta-feira à noite, mas estávamos decididos a conhecer o lugar, mesmo sabendo que não veríamos o melhor dele, já que a grande atração do bar e restaurante são justamente os imponentes pés de manga, ao ar livre. Em dias normais, as mesas ao redor das mangueiras são disputadíssimas. Naquela noite, os visitantes tiveram que se contentar com o espaço interno (coberto), que também não deixa nada a desejar!



No cardápio, bastante variado, petiscos, porções, sanduíches e pratos que homenageiam celebridades. Com a proximidade do inverno, eles estão servindo fondues e cremes no pão italiano. Dividimos um Tupac, prato de picanha grelhada, com arroz e fritas, que ainda acompanha vinagrete e farofa. Deu e sobrou. Mas, se vo…

3 dias em Fortaleza, com Canoa Quebrada, Beach Park e Cumbuco

Imagem
Nossa passagem por Fortaleza foi rápida: 3 dias. Ficamos na casa de amigos, então dessa vez não terei dicas de hospedagem...
Como estávamos com amigos, saíamos com o carro deles. A dica é alugar um carro. Mas atenção ao trânsito: lá é um pouco caótico e as leis de trânsito são muitas vezes ignoradas. Preste bastante atenção nos cruzamentos e não se assuste se o carro na sua frente de repente estacionar (mesmo!) no meio da rua. Mas nada insuperável rs
Chegamos numa quinta-feira à noite e fomos direto para o Dragão do Mar, centro cultural que reúne arte, cultura e gastronomia em Fortaleza. Com mais de 30 mil m2, o espaço abriga o Museu da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, o Teatro Dragão do Mar, as salas do Cinema do Dragão, o Anfiteatro Sérgio Mota, um Auditório e o Planetário Rubens de Azevedo. É lindo! A programação é, em sua maioria, gratuita ou com preços simbólicos.
Vou falar um pouquinho mais de lá mais pra frente, pois no último dia retornamos ao Dragão para um café.